Kiko Loureiro: Open Source é eleito melhor álbum de guitarra do ano pela Guitar World

Disco solo do guitarrista brasileiro ganhou votação com leitores da publicação americana
O guitarrista Kiko Loureiro, da banda Megadeth,  lançou este ano o álbum solo “Open Source”, que teve grande repercussão com os fãs e mídia. O sucesso do trabalho conquistou mais um reconhecimento através de enquete realizada com os leitores da conceituada revista americana Guitar World, que escolheram o disco do músico como o melhor álbum de guitarra de 2020. Nomes como Joe Satriani, AC/DC e John Petrucci também constam no Top 10. Os jornalistas da publicação destacaram que o trabalho mostra Kiko Loureiro dando um passo à frente, mostrando ao mundo ainda mais de suas habilidades como músico e compositor. O álbum também conta com a participação de Marty Friedman (ex-Megadeth), em um parceira na canção “Imminent Threat”. Open Source foi lançado em julho último, sendo produzido em Los Angeles por Adair Daufembach e mixado na Inglaterra por Adam Nolly. Open Source teve como instrumentistas, além de Kiko Loureiro nas guitarras, Felipe Andreoli no baixo e Bruno Valverde na bateria, ambos do Angra. Seguindo o conceito tecnológico de código aberto, com “Open Source” o músico propôs que as músicas não são o estado final da arte, e sim, o começo, ao disponibilizar as gravações isoladas dos instrumentos para download. A partir delas, qualquer pessoa pode recriar, remixar e trazer novas perspectivas às canções originais, globalizando a arte. Ouça o álbum: https://open.spotify.com/album/6FguErBdqUuVf4mOGO0s7m O renomado guitarrista brasileiro marcou sua carreira com a trajetória ao lado do Angra, e atualmente integra a veterana banda americana de thrash metal Megadeth, desde 2015. Em seus mais de 25 anos de carreira, Kiko Loureiro também se destacou como músico que explora as linguagens da música instrumental ao mesclar rock com ritmos brasileiros. Top 10
1. Kiko Loureiro – “Open Source” 2. Andy James – “C.S.I.L” 3. John Petrucci – “Terminal Velocity” 4. AC/DC – “Power Up” 5. Plini – “Impulse Voices” 6. Joe Satriani – “Shapeshifting” 7. Trivium – “What the Dead Men Say” 8. Ozzy Osbourne – “Ordinary Man” 9. Intervals – “Circadian” 10. Marty Friedman – “Tokyo Jukebox 3”   Informações: https://www.kikoloureiro.com

0 comments on “Kiko Loureiro: Open Source é eleito melhor álbum de guitarra do ano pela Guitar WorldAdd yours →

Deixe uma resposta